Conexões Santa Catarina recebe o segundo grupo

Conexões Santa Catarina recebe o segundo grupo

O Conexões Santa Catarina deu as boas-vindas a mais um grupo exclusivo de arquitetos e designers de interiores participantes do Connectarch. 

A valorização da produção que utiliza ingredientes locais e de pequenos produtores é uma das premissas para as escolhas feitas para o roteiro da experiência. Desde os vinhos da Serra Catarinense até os doces típicos de Nova Veneza, como a palha italiana, produzidos por famílias da região, são alguns dos produtos que o grupo pôde desfrutar desde o primeiro compromisso oficial do roteiro.  

E aqui vamos destacar as histórias destas famílias, destes produtores e destes artesãos. 

O Sítio Acqua Sacra é um pequeno empreendimento de agricultura familiar em Cocal do Sul. Há 15 anos Alice Busch e sua família estão tomando a frente do sítio que produz diversos frutos de árvores nativas, e do comércio onde se vende geleias, manteigas saborizadas, antepastos, massa caseira e destilados, em especial, cachaça, tudo produzido artesanalmente.  

A geleia de manga com maracujá é uma das diversas combinações que a família produz. A mistura do doce da manga com a acidez do maracujá resulta em um aperitivo que combina com diversos alimentos. A produção das geleias artesanais se dá por meio da floração das árvores do pomar do sítio e através de pesquisas para desenvolver as misturas de sabores para cada estação. 

“Estamos sempre atentos ao que a natureza em torno oferece e o que os agricultores da região cultivam. A grande inspiração para nossas atividades é, sem dúvida, o ambiente rural de Cocal do Sul, as relações com os demais produtores da região, a culinária italiana, e principalmente a natureza que nos rodeia. Os ingredientes à disposição (tanto no nosso quintal quanto os cultivados e produzidos pelos colegas agricultores) nos inspiram a desenvolver novas receitas”, explica Alice. 

Ateliê Maria Lamparina, escolheu o Bosque Marae para realizar a oficina de cerâmica. Lá foram servidas pizzas artesanais assadas na chapa do fogão à lenha, vinho produzido a partir da uva Goethe, fruta típica produzida pela na região de Urussanga, também do Sul catarinense, além de ingredientes da colheita de produtores locais, como compotas, geleias, embutidos e pães. Tudo pensado para que a conexão, espaço e natureza do entorno fossem sentidos a cada aroma, textura e sabor. 

“O Ateliê/loja é uma rede colaborativa que integra artesãos da cidade e região. São produtos artesanais com produções sustentáveis e ecológicas. No Bosque Marae, temos a opção de oferecer, com as oficinas, a parte de alimentação, além de ser um lindo local, cercado pela natureza, lagos, pássaros e uma vegetação exuberante. A ideia do ateliê basicamente é fomentar a arte local. Ele foi criado para ancorar produções autorais e afetivas, com propostas sustentáveis”, ressalta Larissa Maciel, proprietária do Ateliê/loja colaborativa. 

Veja o depoimento de alguns participantes: 

“Grandes parcerias e conexões se transformam em amizades. Com o programa Connectarch conseguimos nos conectar bastante com a marca, com a fábrica e conhecer o processo de fabricação, e tudo isso é muito enriquecedor. Foi uma experiência incrível, sem contar que tivemos um final de semana em que conhecemos vários outros profissionais, interagimos muito. Espero estar na próxima. E todo mundo que tiver oportunidade vai amar”, agradece Roby Macedo, arquiteto do escritório Roby Studio de Arquitetura, Maranhão. 

“A experiência Conexões Santa Catarina foi incrível, a começar pelas conexões que fizemos com vários profissionais do Brasil todo, trazendo diferentes abordagens, falando um pouco de seu escritório, trocando informações. A visita à fábrica, vendo o material sendo criado, foi bem especial. E a cereja do bolo, terminar o dia na vinícola, com paisagens e momentos incríveis com a turma toda. Só temos a agradecer à Eliane e à Decortiles por estarmos aqui neste momento”, Beatriz Camara Porto, arquiteta e proprietária do escritório Camara Porto Arquitetura e Interiores, no Ceará.  

Foi uma experiência incrível com pessoas incríveis, uma conexão indústria, pessoas, a fábrica, receptividade enorme. E para finalizar nesse espaço da Vinícola, que possui uma energia, uma paz, onde podemos nos reconectar com a natureza e com a arquitetura, que tem uma identidade muito bacana, que nos faz resgatar o sentimento da infância, trabalho, evolução, a troca com essas pessoas foi maravilhosa, a turma foi incrível. Além do tudo, a conexão entre pessoas foi o principal. Maravilhoso estar aqui”, Aline Bertoldo Luccini Barra, arquiteta do escritório Aline Luccini Arquitetura.Interiores, em Lucas do Rio Verde – Mato Grosso.

“Obrigado, Eliane e Decortiles pela experiência, foram dias incríveis, dia de troca e de conhecer pessoas novas do Brasil inteiro. Com o cuidado e o carinho que vocês planejaram, tudo ficou mais incrível e especial. Voltaremos, com certeza, com novas ideias e novas perspectivas. Foram dias enriquecedores”, Alex Henrique Claver Pires, sócio e arquiteto do Studio 2 Arquitetura, em Brasília.

Confira as fotos do segundo grupo do Conexões Santa Catarina

Copyright © 2021 | Todos os direitos reservados à Connectarch | By Neurodigital